Vara de Pesca

A vara é o primeiro item a ser escolhido para montar a sua tralha. As varas são caracterizadas pela sua ação, podendo ser extra-rápidas, moderadas e lentas, isso se dá por conta da sua flexibilidade. No aspecto de esforço as varas recebem outras classificações sendo caracterizadas por ultraleves, leves, médias-leve, médias, médias pesadas, pesadas e utrapesadas, cada uma delas para um tipo de pesca, existem varas para carretilhas e para molinetes, existindo também modelos para praias e rios e lagos.

Veja por que você precisa ter sua própria Vara de Pesca

Da mesma forma que ter a casa própria é melhor do que alugar uma, ter a própria Vara de Pesca é fundamental para o sucesso da pescaria. Isso porque, existem inúmeras vantagens que a aquisição desse instrumento pode ocasionar a você, pescador.

Um dos principais e mais óbvios motivos que fazem dessa aquisição uma boa ideia é pelo fato de você poder sair para pescar com sua Vara quando e para onde quiser, já que não dependerá da disponibilidade ou da boa vontade dos outros.

Analisando do ponto de vista financeiro, é muito melhor e mais acessível comprar a própria Vara do que ficar pagando taxas e aluguéis toda vez que precisar locar uma, não é mesmo?

Além de economizar no fim do mês, é possível customizá-la, fazendo com que atenda a todas as suas necessidades e expectativas.

Você ainda pode pintá-la, mudar os acessórios, acrescentar algum equipamento e muito mais.

Agora que você descobriu os benefícios de ter a própria Vara de Pesca, confira quais são os principais modelos e saiba como escolher a ideal para a sua pescaria!

Tipos de Vara de Pesca

Assim como, praticamente, todos os outros equipamentos de Pesca, existem diversos tipos e modelos de Vara de Pesca disponíveis no mercado. Cada uma atende a um tipo de pescador de acordo com sua necessidade.

Por isso, é importante conhecer os modelos para fazer a escolha certa, uma vez que cada uma possui vantagens e particularidades.

Os principais tipos são:

A Vara de Molinete e Carretilha são as mais comuns e funcionais, já que podem ser utilizadas em diversos tipos de pescaria. Mas, ao mesmo tempo, exigem outros equipamentos, como o próprio Molinete ou a Carretilha.

Por sua vez, a Telescópica não exige outros equipamentos, mas acaba sendo mais restrita a alguns tipos de pescaria, sendo mais vantajosa na pesca de superfície.

Além disso, diferente da Vara de Carretilha e Molinete, a Telescópica precisa que o pescador tenha força no braço para puxar o peixe.

Já a Vara de Praia, como o próprio nome sugere, é recomendada aos pescadores de alto mar. Ou seja, elas devem ser maiores para proporcionar um arremesso eficaz.

Por fim, as Varas de Fly são indicadas para a modalidade Fly Fishing, que em português leva o nome de pesca com mosca. Nesse caso, a própria linha é arremessada e não a isca em sua ponta.

Agora que você conheceu os principais modelos de Vara de Pesca, veja como escolher a ideal para a sua pescaria!

Como escolher a vara de pesca ideal?

Graças à diversidade de peixes e lugares destinados à pesca, é preciso arrumar as tralhas sem se esquecer dos equipamentos específicos que cada tipo de pescaria irá exigir.

Pensando na escolha da Vara, o primeiro passo para escolher a ideal é pensar em que local você irá utilizá-la e o tipo de peixe que você deseja fisgar.

Em locais mais profundos e abertos, como em alto mar, a Vara precisa ter tamanho médio a grande e a ponta tem que ser grossa.

É importante ter sempre em mente que quanto mais grossa a ponta for, maior será o peso suportado. Siga esse mesmo pensamento com a Linha.

Nesse caso, o mais recomendado é utilizar a Vara de Pesca com Carretilha, pois a Linha consegue alcançar uma profundidade maior do que com o Molinete.

Ainda falando de profundidade, mas agora em locais com movimentação, como é o caso da praia, é preferível optar pelas Varas com mais de quatro metros de comprimento e, dessa vez, com a ponta mais fina a fim de oferecer maior flexibilidade ao arremesso.

Lembre-se: quanto maior o comprimento da vara, maior a possibilidade de o Anzol ultrapassar as ondas.

Já em locais não tão profundos, como em rios, é possível utilizar tanto as Varas de Molinete quanto as de Carretilha. O tamanho pode variar de dois a três metros de comprimento.

Caso você opte por pescar no rio, irá encontrar facilmente o dourado, tucunaré e a piraputanga.

Dúvidas Frequentes

Qual a melhor Vara de Pesca?

Independente dos modelos, as marcas de Varas de Pesca que mais vêm se destacando no mercado são:

  • - Marine Sports
  • - Shimano
  • - Daiwa
  • - Albatroz Fishing

Quanto custa uma Vara de Pesca?

O preço da Vara de Pesca varia de acordo com o modelo, marca e qual tipo de peixe você pretende fisgar.

Aqui no OBoto, loja de pesca online, você encontra uma diversidade de Varas da melhor qualidade, com o melhor atendimento, além de preços acessíveis, a partir de R$ 11.

Qual a melhor Vara para pescar na praia?

As Varas da marca Marine Sports vêm se destacando no mercado e dando resultados positivos e eficazes para os pescadores de praia.

Para que serve a ação de uma Vara?

Resumidamente, a ação de uma Vara significa quanto tempo ela demora para envergar ao ser puxada pelo peixe. Os principais tipos são:

  • - Ação Rápida: fisgada mais rápida e firme. Indicada para pescar dourado, tambacu e traíra. Dobra o primeiro 1/3 da vara.
  • - Ação Moderada: arremessam melhor as iscas artificiais pequenas. Indicada para pescar tucunarés e robalos. Dobra cerca de metade da vara.
  • - Ação lenta: arremessam melhor iscas vivas a pequenas distâncias. Indicada para peixes com boca mole. Dobra a vara inteira progressivamente.

Qual a diferença entre a Vara de Carbono e a Vara de Fibra de Vidro?

A Vara de Carbono é leve, mais sensível, portanto, pouco resistente a impactos. Todavia, apresenta boa resistência à tração.

Por sua vez, a de Fibra de Vidro é mais pesada e mais resistente tanto a impactos quando à tração.

O que significa o casting de uma Vara de Pesca?

CW ou Casting Weight é o peso que a Vara consegue arremessar em gramas. Por exemplo: uma Vara com Casting de 10-40 suporta uma isca que pesa de 10 a 40 gramas.

Como consertar a ponteira da Vara de Pesca?

Você vai precisar de:

  • - Três ponteiras: 6x2,0mm; 6x2,2mm; 6x2,4mm
  • - Cola de ação rápida
  • - Alicate
  • - Lixa ou canivete
  • - Isqueiro

Com o isqueiro, esquente a parte do tubo da ponteira e puxe com o alicate. Depois, passe a lixa, a cola e coloque a ponteira de volta ao lugar.

Lembre-se: antes de passar a cola, confirme se ela está alinhada com o passador anterior!

Caso a vara tenha quebrado abaixo da ponteira, fixe uma nova ou tente afinar o local com o auxílio de uma lixa ou de um canivete. Se você não tiver uma ponteira nova, pode a usar a mesma.

FISGUE MEGAS
OFERTAS